Clinica Miranda

Blog

Drenagem linfática: o procedimento certo para quem exagerou no feriadão

Devido à pandemia da Covid-19, o Carnaval de 2021 acabou por ser atípico: de forma a prezar pela saúde e segurança pública, as tradicionais festas de rua foram canceladas, as rodas de samba ficaram para uma próxima e as viagens entre amigos não foram bem recomendadas.  

Entretanto, foi uma ótima oportunidade para muitas pessoas que, já cansadas do trabalho, puderam relaxar e desfrutar de um tempo livre.

Comilança, pouco ou nenhum exercício, delivery e a tradicional cervejinha: todos os fatores perfeitos para que, na manhã da Quarta-Feira de cinzas, já fosse possível perceber mudanças desagradáveis no corpo. 

A sensação de fadiga, peso extra e as marcas da meia nas canelas não negam: o inchaço, quando presente, torna-se um grande incômodo. Causado pelo acúmulo de linfa entre as células, é um dos maiores resultados vindo de dias de excesso. 

O que é a linfa?

Bioquimicamente, a linfa é um fluido orgânico originado do sangue, composto de proteínas e lipídios, que circula nos vasos linfáticos e transporta glóbulos brancos. 

Trata-se de um líquido que circula em todo o nosso corpo com a função de limpar as impurezas, tendo papel imunitário juntamente às nossas células de defesa.

Quando exageramos no sal, no açúcar, álcool e quaisquer substâncias maléficas ao corpo, os vasos linfáticos não conseguem cumprir a demanda de absorver o excesso de linfa entre nossas células e, puf! Inchamos.

Drenagem linfática: a melhor forma de se livrar do inchaço!

Quando o desconforto causado pelo inchaço é intenso, vale a pena optar pela drenagem linfática.

O processo acontece através de massagem, podendo ser mecânica, através de equipamentos específicos em clínicas, ou manual. Deve ser realizada sempre por um profissional que saiba aplicar as diversas técnicas de forma a evitar dor e o surgimento de hematomas!

Uma de suas inúmeras vantagens é o fato de poder ser aplicada em todo o corpo, inclusive no rosto

Os métodos variam entre movimentos circulares, bombeamento, pressões e deslizamentos e, quando realizados com eficácia e profissionalismo, alcançam o objetivo de absorção do fluido excessivo no corpo, que será filtrado pelos rins e finalmente eliminado através da urina. Os resultados são visíveis logo após o procedimento!

Além desse cenário, a Drenagem Linfática é recomendada para ajudar em diversos outros casos:

  1. Durante a gravidez

Devido às intensas alterações hormonais na gestação, mulheres grávidas tendem a reter muito líquido. A drenagem é uma excelente aliada!

Entretanto, o procedimento não é recomendado a gestantes que tenham hipertensão não controlada, insuficiência renal, trombose venosa profunda ou qualquer doença relacionada ao sistema linfático.

  1. Após cirurgias 

Procedimentos invasivos – como cirurgias plásticas costumam causar edema excessivo no corpo da paciente. Além disso, é comum que a pessoa operada passe muito tempo na mesma posição durante o pós-operatório, o que contribui para a retenção e acúmulo de líquidos, já que a circulação é comprometida.

Drenar o corpo durante essa fase é uma excelente forma de proporcionar bem-estar à paciente, além de acelerar os processos de cicatrização. 

  1. Durante o processo de recuperação de lesões musculares 

Por motivos semelhantes aos do pós-operatório, a drenagem linfática ajuda na recuperação de lesões musculares ao filtrar as impurezas da região que, por muitas vezes, apresenta edema e dificuldade de circulação. 

Entretanto, é estritamente necessário consultar seu médico ortopedista para verificar se o procedimento é pertinente ou não, evitando uma piora de quadro em situações específicas. 

  1. Durante a TPM

Um dos sintomas clássicos da tensão pré-menstrual é, sem dúvidas, o inchaço e a retenção de líquido. O quadro é comum, visto a alteração hormonal decorrente e característica das fases específicas do ciclo menstrual.

Realizar a drenagem linfática nesse período pode causar excelente bem-estar, além de amenizar as temidas cólicas e aumentar a autoestima. 

  1. Em caso de celulite 

A drenagem linfática ajuda na dissipação de nódulos de gordura aprisionados na pele e estimula a circulação, prevenindo e ajudando na melhora do quadro da infecção da pele. 

 

Identificou-se? Você costuma ter retenção de líquido?

Caso ainda tenha dúvidas, entre em contato conosco! A Clínica Miranda está á disposição para esclarecê-las.

 

 

 

 

Voltar

Gostou do nosso conteúdo? Inscreva-se para receber!